31 de ago de 2012

Botas UGG

 


Você já ouviu falar nas botas UGG?
Queridinhas de muitas artistas as botas são hiper confortáveis e extremamente quentes - uma saída interessante para quem está indo para algum país de clima muito frio. As botas UGG são forradas por dentro - algumas com lã, outras com pelúcia. Na verdade existem muitas marcas que adotaram o modelo das originais UGG (marca australiana). Na Itália essas botas são febre. Comprei a minha na Benetton, em Roma. O preço? Trinta euros em 2010, algo que não chega a cem notinhas de reais Uma original da marca UGG não sai por menos de 160 dólares! Vamos dar uma olhadinha nos   modelos?



Algumas são meio esquisitas para o gosto das brasileiras. Particularmente prefiro as básicas, combinadas com jeans e um casaco ou trench coat bem quentinho. Veja só como as botas caíram no gosto das famosas:







As belas Blake Lively, Megan Fox e Ashley Tisdale aderiram à moda das "UGGs" que são quentinhas e confortáveis e compõem um visual bem informal. Dando uma volta no centro de Roma, passei em frente à uma loja que tinha uma edição especial da bota, assinada pela grife Jimmy Choo. Confira:



É possível compor looks mais graciosos e ousados. Basta criatividade.



 Em Paris curiosamente não se vê muito esse tipo de bota. Em uma loja no bairro do Marais um aviso advertia a proibição de moças de bom gosto a entrarem na loja com as botas, consideradas algo avesso à boa moda. O aviso dizia algo do tipo: "Paris é a capital da moda. Portanto, nesse estabelecimento está proibida a entrada com botas Ugg ou sapatos Croc".

Mas, gosto é gosto. Cada um escolhe o seu.
_______________________________________________



Quer saber mais sobre botas: Acesse os outros posts:

Botas lindas

Botas incríveis 


31 de jul de 2012

Óleo de Argan (Review)




Olá, meninas!

Depois de um bom tempo ausente aqui das postagens, resolvi publicar uma review sobre um produto que toda mulher tem curiosidade para conhecer, mas nem sempre está disposta a gastar: o Óleo de Argan.

 Muito difundido na mídia o produto promete fazer maravilhas, mas tem um preço que provoca dúvidas sobre seu custo-benefício.

Tentada há meses com o bombardeio de notícias sobre o Argan na televisão e nas mídias sociais, dias atrás entrei numa destas lojas de cosméticos que tem tudo e mais um pouco e me deparei com duas marcas do produto. Como a loja deixava à disposição das clientes suas amostras, resolvi testar um deles para sanar minha curiosidade.

Abaixo vocês podem conferir de qual produto estou falando:



A questão do preço realmente me incomodava até eu testar o produto (este da foto custou 30 reais, mas sei de alguns ainda mais caros).

Sobre a textura: podem falar o que quiser, mas azeite hidrata, silicone também, porém, o Argan é leve, não pesa e deixa o cabelo com uma textura incrível quando passamos a mão. Eu, que tenho o cabelo ondulado como a maioria das brasileiras, senti pela primeira vez meus cabelos com toque de seda, e soltos, como se cada fio estivesse liso (sabem quando vemos os cabelos "escorregarem" nas meninas de cabelo bem lisinho?).

Sobre a cor: aparentemente não há diferença na cor entre o Argan e o azeite quando este está dentro da embalagem. Porém, quando colocado nas mãos, o líquido é praticamente transparente.

Sobre o modo de usar: o uso correto é depois da escova, chapinha e afins, para não "fritar" os cabelos. Eu gostei de usar ao acodar, quando os cabelos estão mais "rebeldes". Usei uma escova na sequencia e fiquei com cabelos com pouquíssimas ondulações.

Detalhe: não conhecia este produto. Sempre que for comprar algo que puder experimentar antes, melhor. Assim você não corre o risco de comprar um produto que não satisfaça suas intenções.

Detalhe sobre o produto: usei após a chapinha  e notei maior brilho e uma textura muito leve, totalmente diferente de óleo de silicone, usado antigamente para "domar" os fios rebeldes.

Conselho: aconselho a comprarem, porém, existem muitos produtos falsificados. Fiquem de olho.

Observação: Esta review traz minhas opiniõe sobre o produto. Não se trata de propaganda, mas de uma avaliação pessoal (afinal paguei por ele).


Total de visualizações de página